Categoria Notícias

poradmin

Por que baterias para carros com start/stop são diferentes?

Partindo do pressuposto de que o modelo start/stop foi adotado no segmento automotivo com o intuito de diminuir em até 15% o consumo de combustível no trânsito urbano, o proprietário do veículo que agrega este sistema precisa se atentar a algumas características e condutas.

A primeira delas confirma que, nos veículos com sistema start/stop, a bateria acaba funcionando por meio de espécies sequências de pequenas descargas elétricas. Elas são demandadas de maneira frequente no chamado “para e anda” tão corriqueiro do trânsito das grandes cidades.

Na prática, isso acabou fazendo com que dois modelos de bateria fossem criados para alimentar os carros com a inovadora tecnologia. O primeiro deles é representado pelas baterias EFB, que, em português, significam “Baterias Convencionais Melhoradas”. Já o segundo é exemplificado pelas baterias AGM, que, em tradução livra, significam “Mantas de Vidro Absorvido”.

Além de ser a evolução das baterias SLI, também chamadas de convencionais, a bateria EFB é comumente utilizada em automóveis que somente precisam de cargas rápidas com grande quantidade de partidas no decorrer do caminho. Ou seja, a tecnologia é crucial para aplicações especiais, como em veículos de mobilidade, aplicativo ou táxis.

Por sua vez, as AGMs são tradicionalmente aplicadas em sistemas mais complexos. É o que acontece, por exemplo, com os veículos com freio regenerativo e turbo eletrônico. O que ambos têm em comum é a necessidade de ciclos mais profundos de energia, além de uma alta e rápida demanda de capacidade de absorção da energia recebida pelo sistema de frenagem.

De modo mais técnico, também pode-se dizer que as baterias AGM possuem este nome por serem diferentes das demais no sentido da ausência das placas de chumbo mergulhadas em solução ácida. Ao contrário, as AGM contam com um sistema de mantas de lã de vidro, artefato que absorve a substância aquosa e confere maior eficácia de energia nos ciclos de descarga mais profundos.

De acordo com alguns especialistas no setor automotivo, uma partida veicular extrai aproximadamente 1% da energia do componente. Porém, como isso tende a se repetir em algumas oportunidades no decorrer do trajeto realizado por um carro com a tecnologia start/stop, isso precisa ser considerado.

Ou seja, a escolha das baterias especialmente voltadas para esses veículos deve levar fatores como este em consideração. Para saber mais e adquirir a bateria ideal para veículos com sistema start/stop, conte com a Baterias Queiroz. A empresa está pronta para lhe atender!   

poradmin

Bateria de Carro: quanto maior a amperagem, melhor?

Ficar atento à amperagem da bateria automotiva no momento da troca do componente é regra básica a ser cumprida por simplesmente qualquer condutor. Entretanto, enganam-se aqueles que pensam que, quando o assunto trata do acessório, quanto maior a amperagem, melhor.

Isso porque, embora a característica fique implícita em termos de potência e arranque, é preciso cuidado para que o sistema veicular como um todo não fique sobrecarregado no ponto de vista do desempenho. Em outras palavras, é correto dizer que o motorista que escolhe a bateria com a amperagem correta evita uma série de problemas em seu automóvel.

De maneira mais aprofundada, também é viável concluir que, se bateria possui uma amperagem menor que a original, que fica normalmente indicada no manual de proprietário do automóvel, o condutor acaba sofrendo um maior risco de dificuldades no momento de dar partida em seu veículo. Em períodos mais frios, como nos dias de inverno, por exemplo, o dano pode ficar ainda mais latente em função da ignição comprometida pelas baixas temperaturas.

Em contrapartida, caso a bateria apresente uma amperagem acima da capacidade do alternador, acaba sendo difícil repor a carga na peça. Ao mesmo tempo, se torna mais dificultoso o processo de fazer com que esta carga dure mais.

Justamente por essas razões, as maiores empresas do segmento elétrico automotivo apontam que as baterias novas podem ter, no máximo, uma amperagem 50% maior que a original, já que somente assim é possível utilizá-la com o mesmo alternador. Nesse caso, talvez a única exceção à regra fique representada pelo fato de que os fabricantes normalmente desaconselham a utilização de peças ausentes nos catálogos oficiais.

O cuidado com a amperagem pode evitar uma série de danos a seu automóvel

Uma escolha errada da bateria pode fazer com que diversos prejuízos sejam causados ao condutor que não se preocupa com tal detalhamento. Para se ter uma ideia, uma bateria com dimensões maiores que o planejado pode não caber no fixador, podendo gerar danos irreparáveis às peças e causar vazamentos ou outras questões incapazes de serem resolvidas com o uso da garantia.

Com a mão na massa, outra questão importante é aquela que confirma que a peça deve ser escolhida por sua durabilidade, e não por preço ou qualquer outro fator desse tipo. Quem assina embaixo de tal recomendação é a Baterias Queiroz, empresa que está inteiramente disposta a atender sua demanda. Confie!

poradmin

4 modelos de Audi mais vendidos no Brasil!

Com um novo visual e três diferentes versões, o Audi mais vendido do Brasil é o novo A4, carro que, por si só, representa o automóvel de maior sucesso da marca alemã. Reconhecido em razão da tecnologia agregada a seus componentes, o Audi A4 pode ser encontrado em diferentes preços, que variam entre as casas dos R$ 230 e R$ 305 mil.

O primeiro deles, mais barato, leva motor 2.0 turbo de 190 cavalos e câmbio S-tronic de dupla embreagem. Já o mais sofisticado possui um motor de 249 cavalos e tração nas quatro rodas. A combinação é perfeita para quem busca alto desempenho e performance de ponta em um só veículo importado.

Além do novo A4, outros veículos da fabricante também têm sido cada vez mais procurados no Brasil. Confira, a seguir, uma pequena lista com os principais deles:

Audi A3 Sedan

 

Dotado de faróis, lanternas, grade e rodas redesenhadas, o Audi A3 Sedan conta com volante revestido de couro e alavanca de seta extremamente similares às do modelo A4. Movido à gasolina, seu motor, 2.0 turbo, dispõe de injeções direta e indireta de combustível. Isso faz com que o rendimento do veículo beire os 220 cavalos de potência.

Audi SUV Q3

Líder de vendas entre os esportivos premium, o Audi SUV Q3 se tornou um veículo flex e o marco representou a principal diferença entre ele e os modelos anteriores da mesma categoria. 

Por contar com um sensor de etanol, ele passou a identificar a mistura no tanque de combustível com a finalidade de otimizar a partida. Mais precisamente, o veículo é encontrado em três versões com o motor 1.4 turbo flex. Além disso, também existem outras duas versões com o motor 2.0 turbo à gasolina. Em ambas, o câmbio é o automatizado S-tronic de dupla embreagem e seis marchas.

Audi e-tron

Ao todo, foram 183 Audis e-tron vendidos em 2020 no território brasileiro. Desses, 133 pertencem ao modelo SUV. Os demais 50 são da versão Sportback. Elétrico, o veículo desbancou outros líderes de vendas em solo tupiniquim, como é o caso do Chevrolet Bolt. 

Premiadíssimo, o modelo é normalmente equipado com dois motores elétricos, além de uma tração integral que resultam em 408 cavalos de potência e outros 67,7 kgmf de torque máximo.

E você? Pensando em adquirir um Audi esportivo ou SUV diferenciado? Pois então atente-se a nossas dicas e realize seu desejo!

poradmin

3 modelos de BMW mais vendidos no Brasil!

Sempre que se fala em BMW, logo vem à cabeça a ideia de requinte, potência e performance de ponta. Justamente por isso, a procura pelos veículos da fabricante tem sido cada vez mais intensificada no solo brasileiro. 

Mesmo em períodos de crise econômica, como é o caso do momento atual causado pela pandemia do novo coronavírus, esta procura tem sido consolidada e ficado cada vez mais latente nas concessionárias de importados.

Se você é apaixonado pelo universo automotivo e não vê a hora de saber quais são os três modelos de BMW mais vendidos do Brasil, prossiga com a leitura: este artigo foi criado pensando única e exclusivamente em você!

BMW Série 3

Em sua última versão, a BMW Série 3 se diferencia dos outros veículos importados por seguir com o mesmo motor, que tem 2.0 turbo de potência, além de quatro cilindros. Com transmissão automática de oito marchas, a BMW Série 3 ainda conta com 184 cavalos e outros 30,6 mkgf de torque.

Todos esses componentes permitem uma tração traseira de altíssimo desempenho. Na prática, isso também faz com que o sedã da BMW tenha o desempenho de um carro esportivo de elevado padrão.

BMW Série 1

Por mais que tenha 5 milímetros a menos em relação a seu modelo anterior, a BMW Série 1 leva um porta-malas que, de uma versão a outra, cresceu exatos 20 litros. De tal maneira, sua capacidade atual é equivalente a 380 litros.

Estudiosos do meio afirmam categoricamente que, em posse de uma BMW Série 1, é possível atingir a marca de 100 km/h em exatos oito segundos e meio. Já os principais componentes mecânicos do potente ficam exemplificados por 140 cavalos e 22,4 mkgf.

BMW Série 8 Coupé

Empolgante do início ao fim do trajeto, o BMW Série 8 Coupé conta com fibra de carbono em diversas partes de sua composição, incluindo sua própria estrutura. O diferencial agrega leveza e resistência ao conjunto.

No interior, o acabamento não pode ser descrito por outra característica que não luxuoso. Em toda parte. Originalmente, a manopla de câmbio em vidro, que é feita à mão, agrega ainda mais valor ao veículo, que por si só apresenta características exclusivas de um importado que chama a atenção por onde passa.

E você? Interessado em adquirir um veículo de luxo como algum dos que listamos neste artigo? Então tire seus planos do papel!

poradmin

3 melhores baterias de carro de 2021

2021 chegou com tudo e, para os amantes de automobilismo, não há nada mais interessante do que descobrir quais são as tendências automotivas para o ano que tem tudo para ser um dos mais categóricos da classe. Dentre elas, destaque para as baterias automotivas, que tanta diferença fazem no funcionamento de veículos de passeio ou maior porte. 

Como nós, da Baterias Queiroz, nos preocupamos com o bem-estar de seu veículo e de suas viagens de curtas ou longas distâncias, fizemos questão de, a seguir, detalhar as principais características das três melhores baterias do ano que está só começando. Está pronto? Então vamos nessa!

Heliar

Além de se equiparar com a Moura há alguns bons anos, a Heliar é uma fabricante de baterias automotivas que, recentemente, tem se preocupado e muito com as questões ligadas a inovação. O que isso significa? Significa que a bateria Heliar é, atualmente, uma das mais tecnológicas e qualificadas de todo o segmento automotivo, tendo ganhado cada vez mais espaço entre os amantes das quatro rodas.

Isso também significa que, na prática, as baterias Heliar não demandam lá uma alta demanda de manutenção ao longo do tempo, sendo assim classificadas como alguns dos aparatos mais versáteis do setor.

Zetta

Fabricadas pela Moura, marca que por si só representa uma das principais referências no universo das baterias automotivas, as baterias Zetta oferecem desempenho e qualidade de ponta aos veículos em que são instaladas. Inovadoras no sentido de terem pouco “tempo de estrada”, mas uma larga durabilidade, essas baterias ainda são carregadas de inovação em seus processos de fabricação. 

Na prática, isso serve para mostrar o quanto elas podem servir como alternativas aos motoristas que não abrem mão de incorporarem a melhor das potências elétricas em seus veículos.

Moura

“Mãe de todas” quando se fala em bateria automotiva, a bateria Moura é daquelas que jamais deixam a desejar em algum aspecto. Isso significa que cerca de 90 em cada 100 motoristas de carros de passeio não abrem mão de contar com as baterias Moura em seus veículos. 

Tecnológicas e duráveis ao extremo, as baterias Moura são tradicionais e normalmente possuem um vasto prazo de garantia, o que faz com que elas sejam cada vez mais requisitadas pelos motoristas de primeira viagem ou mais experientes.

E você? Está esperando o que para adquirir sua bateria automotiva? Tenha uma como reserva e fique longe dos perrengues!

poradmin

Como saber a bateria certa para seu carro?

Escolher a bateria certa para seu carro passa por algumas escolhas importantes e, dentre elas, não há como negar que é a observação da tecnologia do produto que se coloca como algo mais do que crucial. Dentre elas, as tecnologias que integram a bateria adequada para cada veículo, destacam-se três em especial. Conheça:

  • SLI;
  • EFB;
  • AGM. 

A tecnologia SLI, por exemplo, é majoritariamente utilizada em veículos convencionais. Em contrapartida, as tecnologias EFB e AGM são usadas em veículos com tecnologia start-stop. De forma mais específica, as baterias EFB podem ser utilizadas em veículos com alternador inteligente ou veículos convencionais com maior tecnologia agregada.

Neste cenário, cabe frisar que, em termos de amplificação, baterias convencionais SLI não podem, em qualquer hipótese, ser utilizadas em aplicações com alta demanda de som automotivo. Isto é, caso o sistema de som seja alterado, o que se faz recomendado é o uso de baterias avançadas do tipo EFB.

Além disso, a capacidade do aparato também precisa ser considerada de forma simultânea a esta tecnologia, quando o que deve ser considerado neste caso é o sistema eletrônico embarcado na peça em si.

Capacidade nominal

Outro fator imprescindível para a escolha certa da bateria de seu carro está na capacidade nominal do aparato. Isso porque, após a tecnologia adequada ser observada pelo condutor, é necessário se atentar à capacidade nominal (também conhecida como amperagem) da peça. Isso pode evitar tanto o superdimensionamento quanto o subdimensionamento do dispositivo. 

Em paralelo à capacidade nominal da bateria automotiva, é necessário se prender também à dimensão do equipamento, já que cada veículo possui um espaço específico para a instalação da peça e isso precisa ser altamente levado em consideração pelo condutor.

Por fim, saber escolher a bateria certa para seu automóvel também passa e muito pela atenção para a capacidade do alternador, sendo que este item deve ser suficiente para carregar a bateria e ainda alimentar todos os acessórios do veículo, tais como central multimídia, faróis, ar-condicionado e assim por diante.

Conte com a Baterias Queiroz!

Para acertar em cheio na escolha da bateria mais adequada para seu veículo, você não tem outro caminho que não contar com a Bateria Queiroz, estabelecimento que conta com os profissionais mais preparados do setor automobilístico e está sempre pronto para lhe ajudar com o melhor do suporte técnico em carros de pequeno, médio ou grande porte. Contate!

poradmin

Como saber se a bateria da sua moto está acabando?

É inevitável: se você é motociclista, já deve ter passado pela situação de ao menos imaginar que a energia da bateria de sua moto estivesse acabando. Pensando nisso, nós, da Led Baterias, fizemos questão de criar este artigo para esclarecer esse e outros pontos ligados a vida útil da bateria de sua parceira de duas rodas.

Antes de qualquer coisa, é preciso saber que são diversos os indícios que podem denunciar a fraqueza da bateria de sua moto. Bora saber quais são eles?

Tempo de uso

Fraqueza de bateria e tempo excessivo de uso têm tudo a ver uma coisa com a outra e, no específico caso das baterias de motocicletas, isso fica ainda mais claro. Isso porque, assim como acontece com as baterias dos carros tradicionais, as baterias de motos também possuem um tempo médio de validade, que pode durar de um a dois anos e meio.

Por isso é tão importante que você, motociclista, promova manutenções preventivas periodicamente em seu veículo de duas rodas, pois, assim, você evita que consertos emergenciais tenham de acontecer com frequência.

As chupetas não surtem mais efeito

Outro recorrente indicativo de que a bateria da sua moto está acabando é quando as famosas chupetas infelizmente não surtem mais o efeito desejado. Ou seja, assim que você perceber que este movimento tão corriqueiro não apresenta mais os efeitos esperados, não hesite: vá até uma loja especializada, como é o caso da Led Baterias, e peça pela troca da bateria de sua motocicleta.

Partida pesada

Tão importante como se ligar com relação a ineficácia das chupetas é perceber se, na hora de dar partida em sua moto, o movimento perde força em termos de arranque.

Se você é apaixonado popr velocidade em duas rodas, já deve ter ouvido falar sobre o quão prejudicial para seu veículo pode ser a partida arrastada ou “pesada”. Atentar-se a ela, portanto, é substancial para que você tenha um melhor desempenho não somente na bateria, mas também quanto a moto em si.

Tudo muito legal, tudo muito bacana, mas, agora que você já sabe quais são os principais sintomas de bateria fraca, não espere: vá até a Led Baterias sempre que sua moto apresentar problemas desse tipo e conheça o que o espaço tem de melhor a lhe oferecer em termos de peças e manutenções. A Led Baterias é referência no meio automotivo e está à sua disposição!

poradmin

Quais são as funções da bateria do carro?

Quais são as funções da bateria automotiva? Se você é um apaixonado ou uma apaixonada por automobilismo, já deve ter se perguntado sobre isso. De modo didático, pode-se dizer que a bateria de um carro funciona basicamente como as baterias de um celular ou de uma câmera fotográfica, só que em quantidades de energia muito maiores.

Ao servir para ligar o veículo, ação esta que é popularmente chamada de “dar partida”, a bateria automotiva se caracteriza por ser uma peça imprescindível para qualquer carro. Para se ter uma ideia, quando a bateria de um carro descarrega completamente, se torna impossível recarregá-la por conta de seu tempo de vida já ter se esgotado. 

Também por isso, é fundamental que aparelhos como rádio e ar-condicionado sejam utilizados com parcimônia e não fiquem ligados mesmo quando o veículo encontra-se parado. Aliás, uma das principais dicas dadas pelos especialistas no setor automotivo é justamente essa: na prática, o ideal é que, na hora de se dar a partida, desligue-se tanto o som quanto o ar-condicionado do automóvel, pois, assim, se conseguirá reduzir substancialmente os desgastes do veículo no decorrer de seu funcionamento. 

Quanto tempo dura uma bateria automotiva? 

Se você também já se questionou a respeito do período de vida útil de uma bateria veicular, não se preocupe. Nós temos a resposta ideal para seu questionamento. Veja: o que mais e melhor caracteriza a vida média de uma bateria automotiva composta por chumbo-ácido é a combinação de alguns fatores externos, tais como:

  • Fixação adequada;
  • Bateria adequada ao veículo, bem como opcionais instalados;
  • Sistema de carga do veículo, como corrente e tensão;
  • Temperatura do local em que a bateria se encontra instalada.

Mesmo assim, é correto afirmar que, em média, o tempo de duração de uma bateria automotiva é similar ou equiparado a dois anos.

Ainda neste sentido, vale assinar embaixo da tese que afirma que a bateria nada mais é do que um acumulador recarregável de energia que tem como principal função armazenar esta energia sob a forma química. Posteriormente, ela será transformada em energia elétrica assim que o motorista acionar o motor de partida de seu automóvel. 

Ou seja, a bateria serve para ir além das meras partidas no veículo, quando também visa proporcionar energia para iluminações internas e externas, bem como manter os sistemas elétricos eletrônicos ativos quando o veículo se encontrar desligado. 

Para saber mais a respeito do funcionamento das baterias veiculares, não espere: fale agora mesmo com a Baterias Queiroz!